Rompimento da tubulação da Barragem Jati: 2 mil pessoas foram retiradas das casas do entorno

Uma tubulação que leva as águas da Transposição do São Francisco para o reservatório da cidade de Jati se rompeu nesta sexta, 21, levando susto e apreensão aos moradores da região




O Ministério de Desenvolvimento Regional informou na manhã deste sábado, 22, que cerca de 2 mil pessoas foram retiradas do entorno da Barragem Jati, no interior do estado do Ceará. Segundo as informações, a remoção do grupo de moradores se dá como uma ação preventiva, buscando assegurar a redução de danos, caso houvessem momentos de maior emergência.

A situação apontada ocorreu devido o rompimento de uma das tubulações que recebe as águas da Transposição do Rio São Francisco, fato que ocorreu na sexta, 21. Segundo dados da Secretária de Recursos Hídricos (SRH), órgão do governo do estado, a captação que conduz a água para uma série de comportas teve o encanamento estourado e levou susto aos moradores da região. Inicialmente, chegou-se a pensar que o rompimento tinha origem na Barragem Jati, no entanto, felizmente trava-se somente de um dos pontos da tubulação.

O vazamento foi controlado ainda durante o período noturno, entretanto, havia uma impossibilidade de avaliação total dos danos causados, especialmente pela queda de energia observada no local. Por isso, um quadro mais detalhado só pôde ser colhido na manhã deste sábado, o que indicou que não se verificou danos estruturais relevantes a estrutura da barragem, fato que chegou a ser veiculado em alguns locais.

O incidente aconteceu apenas um dia após o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, acionar as comportas que liberam as águas da barragem para o Cinturão das Águas do Ceará (CAC), empreendimento estadual que leva abastecimento hídrico a dezenas de cidades, inclusive a região metropolitana de Fortaleza. Lembra-se, ainda, que o trecho que observou o vazamento compõe o eixo Norte da Transposição, trecho inaugurado por Jair Bolsonaro no final do mês de junho do ano corrente.

Atualmente, as pessoas do entorno, como informado, estão sendo conduzidas a outros locais, como pousadas, hotéis e alojamentos da região, algumas escolas já estão sendo ocupadas temporariamente. Ainda no dia de hoje será realizado uma série de avaliações técnicas, afim de assegurar a estabilidade das estruturas e verificar concretamente as causas do vazamento. Tal verificação vem sendo realizada por equipes da Defesa Civil Nacional, além de órgãos ligados a gestão estadual. Salienta-se que não houve registro de nenhum ferido.

Camilo Santana, governador do Ceará, comunicou que irá realizar uma visita ao local. Rogério Marinho, Ministro de Desenvolvimento Regional, também indicou que virá à cidade. Assim como o Coronel Alexandre Lucas, Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Paulo Junior
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Paulo Junior

Graduando em jornalismo pela UFCA e um apaixonado por política, literatura e cinema

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!