Prefeitura do Crato doa cestas verdes para famílias de baixa renda

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma política pública de fortalecimento da agricultura familiar que beneficia dois públicos diretos: os agricultores familiares e as famílias em vulnerabilidade alimentar.




Notícias, Regional

Após receber os alimentos produzidos pelos agricultores familiares beneficiários do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos (SMDARH) de Crato, em parceria com instituições socioassistenciais do Município, está organizando as cestas verdes que serão doadas às famílias cadastradas na rede socioassistencial.

Nesta quarta-feira, 14, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Seminário, localizado na rua Walmair Gonçalves de Oliveira S/N, Bairro Novo Crato, fará a entrega para as famílias cadastradas nos grupos de serviços de convivência.

O PAA é uma política pública de fortalecimento da agricultura familiar que beneficia dois públicos diretos: os agricultores familiares, que vendem seus produtos, e as famílias em vulnerabilidade alimentar, que recebem alimentos de qualidade sem uso de agrotóxicos.

“No Crato, estamos com o PAA Mesa Farta, um compromisso da gestão municipal de estar mais próxima das famílias assistidas. O Programa é uma parceria da Prefeitura Municipal com o Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), que é coordenado pela SMDARH, em parceria com a rede CRAS, algumas unidades escolares e unidades socioassistenciais do município”, destaca o Secretário Carlos Freires.

Entrega de 8 toneledas de alimentos

Desde janeiro, o PAA já entregou para as entidades socioassistenciais mais de 8 toneladas de alimentos. O Coordenador do PAA do Crato, Givaldo Gonçalves pontua que, nesta terceira etapa do programa, está sendo entregues milho, cheiro verde, banana, macaxeira, feijão verde, bolo, doces caseiros, fava e tomate.

O Orientador Social do CRAS Seminário, Geraldo Barros, explica a dinâmica de entrega das cestas verdes na unidade de assistência social.

“Quando temos atividades presenciais é necessário que haja a alimentação para os usuários do CRAS, pois trabalhamos pensando na proteção alimentar das pessoas. Durante a pandemia, nós tivemos a limitação de algumas atividades e tivemos que nos adaptar. A alimentação que vinha através do PAA, por exemplo, está sendo distribuída por meio de cestas verdes montadas com os alimentos que seriam fornecidos no dia a dia dos grupos que participam das atividades aqui no CRAS”, explica.

Em tempo de pandemia, as entidades têm feito o atendimento de forma agendada. “Entramos em contato com as famílias cadastradas nos grupos de serviços de convivência e agendamos o horário para receber sua cesta, aqui no CRAS, para que não gere aglomeração”, destaca Geraldo.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.