Polícia Civil realiza maior apreensão de drogas no Cariri em 2021

Com a movimentação criminosa, os policiais civis passaram a investigar o suspeito e identificaram a casa mantida por ele como depósito.




Notícias, Policial

Uma ação de combate ao tráfico de drogas da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na maior apreensão de drogas registrada este ano. A apreensão, registrada na manhã desta segunda-feira (31), ocorreu no município do Crato, na Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado. No total, foram apreendidos 165 quilos de entorpecentes, sendo 163 quilos de maconha e dois de cocaína. Um homem foi preso.

Pedro Lucas Oliveira Silva, 20 anos, que não possuía antecedentes criminais, foi preso em flagrante. O homem seria o responsável por armazenar e distribuir a droga na região do Cariri, de acordo com levantamentos policiais. A função de Lucas, no tráfico de entorpecentes na região, foi herdada após a prisão, também realizada pela PCCE, de um comparsa dele, ocorrida no último mês de março.

Com a movimentação criminosa, os policiais civis passaram a investigar o suspeito e identificaram a casa mantida por ele como depósito. Diante das evidências criminais, foi representado pelo mandado de busca e apreensão em dois endereços ligados ao suspeito. No primeiro local, no bairro Franciscanos, em Juazeiro do Norte, ele foi encontrado. Lá foi apreendida uma pequena quantidade de maconha. Já no segundo endereço, no bairro São José, no Crato, o restante do material foi encontrado. Também foram apreendidas balanças de precisão.

Diante do flagrante, os policiais civis do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) deram voz de prisão ao suspeito e o conduziram para a sede da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde o homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. As investigações relacionadas ao esquema criminoso na região continuam.

Segundo apurações da Polícia Civil, Pedro Lucas assumiu a função antes exercida por Carlos Gledson Lima dos Santos (28), o “Carlim” ou “Magão”, que já responde por homicídio, tráfico de drogas, ameaça, além de crimes ambiental e de trânsito. O homem foi preso pela PCCE no dia 7 de março deste ano. Na ocasião, a Polícia Civil estourou dois locais mantidos como laboratório e armazém de drogas do suspeito. A ação resultou nas apreensões de cerca de 70 quilos de entorpecentes, crack, cocaína, maconha e skunk, além de munições e dinheiro. A ofensiva, realizada nas cidades de Barbalha e Caririaçu, ambas na AIS 19, iniciou na noite do sábado (6) e finalizou no domingo (7). Além de “Carlim”, a companheira dele foi presa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.