Pagamento de auxílio de R$ 600 começa na próxima semana, garante Bolsonaro

Ainda nesta semana a Caixa irá divulgar o cronograma de pagamento

Reprovação de Bolsonaro sobe para 38%, aponta Datafolha

Nesta quinta-feira, 02, o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, intermitentes e microempreendedores individuais durante a crise do coronavírus deve começar na próxima semana.

A lei para criação do auxílio foi sancionada ontem pelo presidente e dever durar três meses. Bolsonaro ainda afirmou que falta editar a medida provisória com previsão do crédito extra para arcar com os R$ 98 bilhões do custo total do programa.

“Eu assinei ontem (quarta-feira) a lei, estamos esperando assinar outra medida provisória por que não adianta dar um cheque sem fundo, tem que ter um crédito também”, afirmou.

A lei sobre o voucher ainda não foi publicada no Diário Oficial da União. A previsão é que esse decreto seja publicado ainda nesta quinta, em edição extra.

Cronograma da Caixa

O Governo optou pela Caixa Econômica Federal para realizar o pagamento do auxílio. O banco aguarda a publicação do decreto no Diário Oficial da União com os detalhes da implementação para divulgar o cronograma de pagamento para os trabalhadores beneficiados.

O cronograma será divulgado ainda esta semana. A ideia da Caixa é evitar corrida e aglomeração de pessoas nas agências e na rede de lotéricas. O calendário de pagamento da Caixa vai começar com os beneficiários do Bolsa Família.

Com informações do O GLOBO*

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Economia

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!