Naja mantida ilegalmente como animal de estimação, pica jovem que fica em coma

A família escondeu o animal da Polícia Militar Ambiental, mas a serpente foi encontrada na noite dessa quarta

Cobra da espécie Naja, em imagem de arquivo
Foto: Wikimedia Commons

Um estudante de medicina veterinária, morador do Distrito Federal, foi picado por uma cobra da espécie Naja, considerada uma das mais venenosas do mundo. O caso ocorreu nesta terça-feira (7) e o rapaz foi internado em estado grave em um hospital particular no Gama.

A espécie Naja não existe na fauna brasileira, é natural da África e Ásia. Por conta disso, o hospital precisou encomendar o soro para tratamento da ferida do estudante. O pedido foi feito ao Instituto Butantan, em São Paulo.

O medicamento foi enviado da capital paulista para Brasília na noite de terça-feira (7) e já está sendo administrado à vítima.

Não há registro de entrada de animais dessa espécie em Brasília, segundo nota da Fundação Jardim Zoológico da cidade, que coleta informações sobre animais exóticos.

De acordo com o Batalhão de Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal (BPMA), há suspeita de que o animal seria criado de forma ilegal na casa do rapaz.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Erika Souza
Carregar Mais Em Natureza

Sobre Erika Souza

A menina louca. Deixo essa definição, pois meu entusiasmo pode parecer loucura. Atuo com comunicação, eventos e desenvolvimento pessoal. Com o convívio a gente se conhece mais.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!