Mande cartas para Suzy – Saiba o endereço

Nas redes sociais, brasileiros se mobilizaram para enviar cartas para Suzy, que não recebe visitas no presídio há 8 anos

A reportagem de Drauzio Varella exibida no Fantástico do último domingo, 01, narrou a vida de mulheres trans em presídios masculinos do Brasil. Entre as histórias, uma delas deixou muita gente angustiada e emocionada na sala de casa.

Uma das cenas da reportagem trazia o diálogo da presa trans Suzy Oliveira e de Drauzio, a detenta contou que estar há 8 anos sem receber visitas. Drauzio abraçou e consolou a detenta. Quem assistiu sentiu um pouco da dor de Suzy e de outras mulheres que estão presas no sistema carcerário brasileiro.

O médico fez o que milhares de pessoas desejavam ter feito, abraçou Suzy. Atitude de Drauzio e a história da detenta comoveram brasileiros na internet. Nas redes sociais, as pessoas agradeciam pelo abraço de Varella e buscavam o endereço de Suzy para enviar cartas.

Suzy estar sozinha na José Parada Neto, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo desde que o seu marido que transferido para outra unidade.

Nesta segunda-feira, 2, a Secretaria da Administração Penitenciária do governo João Doria divulgou no Twitter o endereço da unidade para facilitar a chegada de correspondências.

Em janeiro de 2020, um levantamento divulgado pela Secretaria da Administração Penitenciária de São Paulo mostrou que das 232.979 pessoas presas no estado, 869 se declaram mulheres ou homens trans. 

  • Notícias

    Mande cartas para Suzy – Saiba o endereço

    Nas redes sociais, brasileiros se mobilizaram para enviar cartas para Suzy, que não recebe visitas no presídio há 8 anos
Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!