Mais de 173 mil doses de vacinas chegam ao Ceará; novo lote é esperado para esta sexta-feira (14)

CoronaVac recebida na noite desta quinta (13) será usada exclusivamente para segundas doses




Notícias, Saúde

Mais um lote de vacinas contra a Covid-19 chegou ao Ceará, na noite desta quinta-feira (13). A remessa, contendo mais de 173 mil doses – sendo 103.750 da AstraZeneca e 70 mil da CoronaVac – desembarcou no Aeroporto Internacional de Fortaleza.

Segundo informações do governador Camilo Santana, mais 41,6 mil doses da CoronaVac chegarão ao Estado na manhã desta sexta-feira (14).

CORONAVAC

As doses de CoronaVac recebidas nesta quinta serão usadas exclusivamente para aplicação em idosos à espera da segunda dose, conforme recomendação do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Trabalho (MPT).

Assim, boa parte desta remessa de CoronaVac ficará retida. O Estado precisa, atualmente, de 26.150 doses para completar a imunização em idosos que estão com a aplicação atrasada. E o novo lote contém 70 mil doses.

O total de doses demandadas para completar a imunização dos idosos foi informado pelos municípios para a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

O novo lote de imunizantes é o 23º recebido pelo Ceará desde o dia 18 de janeiro deste ano. A remessa mais recente havia chegado na segunda-feira (10), com 45.690 doses da Pfizer. 

VACINAÇÃO DE GRÁVIDAS NO INTERIOR

Como grávidas e puérperas não podem receber a vacina da AstraZeneca, conforme decisão do Ministério da Saúde (MS), a vacinação deste grupo está suspensa no Interior. Na Capital, a vacina da Pfizer continuará sendo utilizada.

Segundo a Sesa, o total de doses da AstraZeneca que o Estado receberá “corresponde a segunda dose do grupo de idosos” e também será armazenado. Assim, deste novo lote, “serão distribuídos somente 10.375 doses, correspondentes à reserva estratégica do Estado para não interromper a ampliação da vacinação nas cidades do Interior”, informou a secretaria.

ESCASSEZ

A dificuldade no fornecimento da CoronaVac por parte do Ministério da Saúde atrasou a segunda aplicação em idosos de Fortaleza e de pelo menos 13 municípios cearenses.

Fonte: Diário do Nordeste

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.