João Azevedo, governador da Paraíba, foi alvo de operação da PF por suspeita de desvios

A operação investiga desvios da área da saúde e da educação




João Azevedo. Reprodução

O governador paraibano, João Azevedo (cidadania) foi alvo de operação comandada pela Polícia Federal na manhã de ontem, 27. O chefe do executivo estadual paraibano e três conselheiros do Tribunal de Contas do estado (TCE) foram surpreendidos com a ação desta terça-feira. Segundo apurado, eles estão classificados como suspeitos de integrar um esquema de desvio de dinheiro público das áreas da saúde e da educação.

Segundo informações levantadas pelo jornal Valor Econômico o esquema criminoso teria tido inicio ainda em 2011. Naquele ano organizações sociais contratadas pelo estado para gerir alguns dos hospitais sob tutela do executivo estadual passaram a repassar parte por dinheiro dos contratos para agentes públicos.

Francisco Falcão, Ministro do Superior Tribunal de Justiça, determinou a operação e o bloqueio de R$ 23,4 milhões em bens dos investigados, afim de assegurar a retração financeira aos cofres públicos.

Em 2019 outros dois conselheiros do TCE paraibano já tinham sido afastados. O Valor Econômico indicou, ainda, que a ação de ontem faz parte da operação Calvário, que investiga uma suposta organização criminosa comandada pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

Ricardo Coutinho é candidato a prefeitura de João Pessoa, capital paraibana. E segundo pesquisa IBOPE tem 10% das intenções de voto.

Os citados não se manifestaram publicamente.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Paulo Junior
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Paulo Junior

Graduando em jornalismo pela UFCA e um apaixonado por política, literatura e cinema.E-mail: [email protected]

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.