João Azevedo, governador da Paraíba, foi alvo de operação da PF por suspeita de desvios

A operação investiga desvios da área da saúde e da educação




Notícias, Policial

O governador paraibano, João Azevedo (cidadania) foi alvo de operação comandada pela Polícia Federal na manhã de ontem, 27. O chefe do executivo estadual paraibano e três conselheiros do Tribunal de Contas do estado (TCE) foram surpreendidos com a ação desta terça-feira. Segundo apurado, eles estão classificados como suspeitos de integrar um esquema de desvio de dinheiro público das áreas da saúde e da educação.

Segundo informações levantadas pelo jornal Valor Econômico o esquema criminoso teria tido inicio ainda em 2011. Naquele ano organizações sociais contratadas pelo estado para gerir alguns dos hospitais sob tutela do executivo estadual passaram a repassar parte por dinheiro dos contratos para agentes públicos.

Francisco Falcão, Ministro do Superior Tribunal de Justiça, determinou a operação e o bloqueio de R$ 23,4 milhões em bens dos investigados, afim de assegurar a retração financeira aos cofres públicos.

Em 2019 outros dois conselheiros do TCE paraibano já tinham sido afastados. O Valor Econômico indicou, ainda, que a ação de ontem faz parte da operação Calvário, que investiga uma suposta organização criminosa comandada pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

Ricardo Coutinho é candidato a prefeitura de João Pessoa, capital paraibana. E segundo pesquisa IBOPE tem 10% das intenções de voto.

Os citados não se manifestaram publicamente.

Sobre Paulo Junior

Graduando em jornalismo pela UFCA. Um apaixonado por política, literatura e cinema. E-mail: [email protected]

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.