Hrc investe em ventilação mecânica não invasiva para evitar a intubação de paciente com Covid-19

A vantagem da máscara em relação aos equipamentos tradicionais é que ela filtra todo o ar respirado pelo paciente, gerando menos risco de transmissão do vírus para os profissionais de saúde




Antes de fazer uso da VNI, a pessoa precisa ser avaliada. A máscara é destinada a pacientes que não conseguiram apresentar melhoras com o uso do respirador padrão e, com isso, desenvolveram desconforto respiratório. A coordenadora da fisioterapia do HRC, Suiane Ferreira Soares, explica que, inicialmente, é realizado um teste de 30 minutos com o equipamento, cujo objetivo é verificar se houve benefícios para o usuário.

“O paciente precisa ter tolerado bem a máscara, ter melhorado o desconforto respiratório e não ter feito uso de musculatura acessória, além de manter a estabilidade hemodinâmica. A VNI tem evitado muitas intubações na nossa unidade hospitalar e a ação da fisioterapia tem sido determinante nesse sentido de diminuir os riscos decorrentes desse procedimento e do tempo de permanência nas UTIs”, ressalta.

No mês de julho, 24 pessoas participaram de testes com a máscara VNI no HRC. Destas, 22 apresentaram melhoras significativas e apenas duas foram intubadas. Fernando Mendonça, 39 anos, deu entrada no HRC no dia 15 de julho em estado grave. De imediato foi internado na UTI, mas, com o auxílio da máscara, não precisou ser intubado. “Graças a Deus e aos fisioterapeutas que foram incansáveis e me motivaram todos os dias a fazer uso da máscara, minha vida foi salva. Essa máscara funciona e foi uma bênção na minha via”, afirma.

A vantagem da máscara em relação aos equipamentos tradicionais é que ela filtra todo o ar respirado pelo paciente, gerando menos risco de transmissão do vírus para os profissionais de saúde. O suporte pode ser utilizado em enfermarias comuns, sem que o paciente precise estar em isolamento  

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Luca Souza
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Luca Souza

Estagiário no setor de criação de conteúdo do Foobá

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram did not return a 200.

Siga-nos!