Funarte proíbe participação do rock em edital de incentivo a bandas

O presidente da Funart relacionava o rock ao aborto e ao satanismo

reprodução redes sociais

O edital do Prêmio de Apoio a Bandas de Música 2020 foi divulgado nesta quarta-feira, 22, pela Funarte. Entre as exigências, o edital proíbe a participação de bandas de rock na competição.

O concurso busca ampliar e/ou repor instrumentos gratuitamente. Direcionado a instrumentos de sopro, o edital só restringiu o rock, outros ritmos não foram vetados.

Participantes após perceberam o veto, começaram a analisar a restrição e o presidente da Funarte, Dante Mantovani, que em um vídeo publicado em seu canal no Youtube, Mantovani disse que “o rock leva ao aborto e ao satanismo”:

— O rock ativa a droga que ativa o sexo que ativa a indústria do aborto. A indústria do aborto por sua vez alimenta uma coisa muito mais pesada que é o satanismo. O próprio John Lennon disse que fez um pacto com o diabo.

Dante foi nomeado para o cargo em 2019, pelo então secretário de Cultura, Roberto Alvim.

Em outra declaração, o presidente afirmou que cantor Elvis Presley faz parte de um experimento soviético para “destruir a juventude”.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!