Foragido da Justiça do Ceará é preso no Maranhão durante investigação sobre morte do prefeito de Granjeiro

A Secretaria da Segurança não detalhou se Carlos César participou efetivamente do assassinato de João do Povo

Divulgação/Polícia Civil

Foragido da Justiça do Ceará, um homem foi preso durante investigações da morte do prefeito do Granjeiro, João Gregório Neto, no Maranhão. Na manhã da segunda-feira, 27, Carlos César Gonçalo de Freitas, 45 anos, foi preso com drogas e os documentos de identificação do irmão.

Caio era foragido da Penitenciária do Industrial Regional do Cariri (Pirc). Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a prisão foi realizada com a o apoio dos agentes do Maranhão. Outro homem que estava com o fugitivo também foi preso.

Segundo o Diário do Nordeste, a Secretaria da Segurança não detalhou se Carlos César participou efetivamente do assassinato de João do Povo. O órgão acrescentou que a ofensiva policial no Maranhão segue em andamento. 

Crime

João foi assassinado na véspera de Natal, perto da casa onde morava em Granjeiro. Enquanto caminhava próximo à parede do Açude Junco, o prefeito foi atingido por tiros nas costas. Segundo testemunhas, um carro aproximou-se do gestor e o suspeito efetuou os disparos.

Com informações do G1 e do Diário do Nordeste.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!