EUA retiram Brasil de lista de países em desenvolvimento

O Brasil e mais 18 países deixarão de receber tratamento diferenciado, como prazos mais longos para implementação de acordos comerciais e vantagens tarifárias.

Donald Trump e Jair Bolsonaro durante encontro na Assembleia Geral da ONU Alan Santos/PR

Nesta segunda-feira, 10, o governo de Donald Trump divulgou em nota a retirada do Brasil e de mais 18 nações da lista de países em desenvolvimento. Ser retirado da lista significa perder benefícios comerciais concedidos às nações que estão nessa categoria.

Países como Brasil, Argentina, África do Sul, Índia e Colômbia, diante da norma do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, podem perder o tratamento preferencial em negociações. Como prazos mais longos para negociar, vantagens tarifárias e de acesso a mercados.

Segundo a nota do governo dos EUA, a decisão levou em conta “fatores econômicos, comerciais e outros, como o nível de desenvolvimento de um país e a participação de um país no comércio mundial.”

A nota ainda afirma que o governo não considerou indicadores de desenvolvimento social, como taxas de mortalidade infantil, analfabetismo e expectativa de vida.

Durante a visita de Jair Bolsonaro a Washington em março de 2019, o presidente pediu a Trump apoio à entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em troca do apoio, Donald disse que o Brasil deveria abrir mão do status de país em desenvolvimento na Organização Mundial do Comércio (OMC).

Com informações do G1*

  • Economia Notícias

    EUA retiram Brasil de lista de países em desenvolvimento

    O Brasil e mais 18 países deixarão de receber tratamento diferenciado, como prazos mais longos para implementação de acordos comerciais e vantagens tarifárias.
Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Economia

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!