Doutor Estranho vira Tio Sam em cartaz contra o coronavírus

Arte divulgada pelo diretor Scott Derrickson pede para que os fãs sigam a quarentena

Scott Derrickson, diretor do primeiro filme do Doutor Estranho, usou suas redes sociais para pedir que as pessoas fiquem em casa com uma paródia ao clássico cartaz do Tio Sam. Na arte, Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) exige que as pessoas sigam a quarentena para evitar o COVID-19, a nova mutação do coronavírus. Confira abaixo:

“Eu quero que você fique em casa. Evite o COVID-19”

O Doutor Estranho voltará aos cinemas em Doctor Strange in The Multiverse of MadnessScott Derrickson, o diretor do primeiro filme, deixou o projeto em janeiro por diferenças criativas. Atualmente, a Marvel negocia com Sam Raimi, diretor da primeira trilogia do Homem-Aranha, para substituí-lo.

Doctor Strange in the Multiverse of Madness terá o retorno de Benedict Cumberbatch no papel do Mago Supremo. A sequência começa a ser rodada em maio de 2020, segundo Benedict Wong, o Wong – saiba mais. Além disso, a Feiticeira Escarlate, vivida por Elizabeth Olsen, estará presente no longa, que terá conexão com a série Wandavision. Caso não haja mudança no calendário da Marvel, o longa estreará em 7 de maio de 2021.

O primeiro filme do Doutor Estranho chegou aos cinemas em 2016 e arrecadou US$ 677 milhões na bilheteria mundial.

Desde o começo da pandemia do coronavírus, várias áreas do entretenimento foram afetadas com o adiamento de estreias, paralisação de produções e cancelamento de grandes eventos.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Jimmy Macedo
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Jimmy Macedo

Profissional de marketing digital e nerd de carteirinha desde que nerd era xingamento. Amante de música e cinema, idealizou o Foobá para colaborar de forma efetiva com o cenário que tanto o diverte e inspira.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!