Camilo anuncia novo decreto, mas o Cariri segue com restrições

As novas medidas não são válidas para a macrorregião de Saúde do Cariri, que ainda registra crescimento no número de atendimento




Economia, Notícias

O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou no início da tarde desta sexta-feira (11), por meio de transmissão ao vivo nas redes sociais, novas medidas de flexibilização para quatro macrorregiões de Saúde do Ceará (Fortaleza, Sertão Central, Litoral Leste/Jaguaribe e Região Norte).

O novo decreto, que entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (14), autoriza o retorno presencial das aulas do Ensino Médio em todas as séries, mantendo o ensino híbrido como opcional. Ao lado do governador estava o secretário da Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto).

Camilo Santana também comunicou que o decreto permite a liberação de práticas esportivas em equipamentos localizados em espaços públicos, como as Areninhas; libera o funcionamento presencial de bibliotecas, museus e cinemas, com capacidade limitada e protocolos; amplia o percentual de capacidade para alguns segmentos e setores, como igrejas e academias; e mantém o toque de recolher das 23 horas às 5 horas em todas as regiões do Ceará.

O anúncio foi feito após reunião virtual com o comitê formado por profissionais de Saúde, presidentes do Tribunal de Justiça e Assembleia Legislativa, e representantes do Ministério Público Estadual, Federal e do Trabalho, e a Prefeitura de Fortaleza.

O chefe do Executivo Estadual reforçou que as novas medidas não são válidas para a macrorregião de Saúde do Cariri, que ainda registra crescimento no número de atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria. “(No Ceará) Continua a procura essencial em queda. Queda também no número de casos e de óbitos. A transmissão está estável, mas continua uma grande preocupação com a região do Cariri”, afirmou Camilo, que recomendou a adoção de restrições nos municípios que apresentam alta taxa de transmissão da Covid-19.

Na oportunidade, o governador adiantou que deve se reunir na próxima semana com membros do Comitê a fim de definir os protocolos para o retorno seguro das feiras livres nas quatro macrorregiões de Saúde que avançam na flexibilização.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.