Auxilio Emergencial: “Governo não aguenta mais” Afirma Bolsonaro

Terceira parcela não teve calendário anunciado e o governo afirma que a união “não aguenta pagar mais”

Sem data definida para o calendário da terceira parcela do auxílio emergencial, que está sendo pago aos desempregados, trabalhadores sem carteira assinada, autônomos, MEIs por causa da pandemia do coronavírus, o presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou nesta segunda-feira (22) que o Governo Federal não aguenta pagar duas parcelas extras do auxílio emergencial de R$ 600.

Segundo a Caixa Econômica Federal, 64,1 milhões, do total de 107,9 milhões de solicitações, estão entre os considerados aptos para receber o benefício. 1,1 milhão estão na fase de reanálise e 1,5 milhão que estão tendo o cadastro avaliado pela primeira vez, porque fizeram pedido recentemente.

Os beneficiários do programa Bolsa Família já estão recebendo a terceira parcela. As datas do pagamento do auxílio emergencial são diferentes para pessoas que já eram inscritas no programa Bolsa Família. Para poder receber o auxílio, o beneficiário do programa Bolsa Família deve preencher os requisitos. 

Em entrevista ao canal Agro+, da Band TV, Bolsonaro disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu pagar a quarta e a quinta parcelas, mas que falta acertar o valor: “A União não aguenta outro com esse mesmo montante”.

Desde o anúncio de que seriam pagas parcelas extras do benefício, o governo demonstra a intenção de cortar pela metade o valor. O parcela mais baixa será motivo de negociação com o Congresso.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Erika Souza
Carregar Mais Em Brasil

Sobre Erika Souza

A menina louca. Deixo essa definição, pois meu entusiasmo pode parecer loucura. Atuo com comunicação, eventos e desenvolvimento pessoal. Com o convívio a gente se conhece mais.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!