Após exoneração do diretor da PF, Moro convoca entrevista coletiva

Moro deve anunciar deve anunciar demissão do Ministério da Justiça

Bolsonaro aciona Moro para que porteiro preste novo depoimento

Nesta sexta-feira, 24, o presidente Jair Bolsonaro exonerou o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, em publicação no Diário Oficial da União. A exoneração de Valeixo saiu “a pedido”, segundo o Diário, com assinaturas de Bolsonaro e  ministro da Justiça, Sergio Moro.

Na manhã da quinta-feira, 23, Bolsonaro disse para o ministro  que substituiria o diretor-geral da PF. Durante a conversa, Moro afirmou que se Valeixo saísse, ele deixaria o ministério. Ainda na quinta, enquanto negociava sua permanência com Palácio do Planalto, Sergio foi alertado que a exoneração poderia ser oficializada nesta madrugada.

Valeixo foi escolhido pelo ministro para comandar a PF. Moro convocou uma entrevista coletiva para às 11h desta sexta, na sede do ministério. Segundo interlocutores do ministro, ele deve anunciar sua demissão.

Substituto da PF

A publicação do Diário Oficial não revelou o nome para substituir Maurício Valeixo. Segundo o G1, um dos nome cotados para assumir o comando da Polícia Federal seria diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, que foi coordenador de segurança de Bolsonaro na campanha de 2018 e se aproximou dos filhos do presidente

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Notícias

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!