Alunos pedem adiamento do Enem; Inep mantém provas para próximos dois fins de semana

Movimentos estudantis estão protestando, nesta segunda, pela mudança na data do Enem – que será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro. O governo argumenta que mudar o calendário pode inviabilizar o início do ano letivo nas universidades federais




Educação, Notícias

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela organização do Enem, não deve adiar as datas das provas, marcadas para 17 e 24 de janeiro. 

Na tarde desta segunda-feira (11), o Ministério da Educação (MEC) garantiu que os locais dos testes foram equipados com critérios de biossegurança, em plena pandemia da Covid-19

Os locais de prova foram adequados sob critérios de biossegurança, com disponibilização de produtos de higienização; procedimentos controlados para acesso ao local de prova; identificação de participantes e distanciamento entre carteiras“, escreveu o MEC no Twitter. 

Após o Inep garantir à Justiça que tem condições de manter a prova neste mês, internautas se revoltaram e ‘Adiem o Enem’ chegou a entrar para os assuntos mais comentados do Brasil no Twitter. 

Prova do Enem em plena pandemia da Covid-19 gera polêmica na web; Inep garante condições de manter o evento.

Estamos entrando em uma segunda onda de risco e eu não vou colocar eu e minha família em risco por incompetência e irracionalidade de um órgão público. Porque vemos claramente que não tem a possibilidade de fazermos uma prova em uma situação como essa“, detonou uma tuiteira. 

O Brasil é o segundo país com mais mortes por Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos. Até o momento, mais de 200 mil pessoas vieram a óbito por conta do novo

Sobre Erika Souza

A menina louca. Deixo essa definição, pois meu entusiasmo pode parecer loucura. Atuo com comunicação, eventos e desenvolvimento pessoal. Com o convívio a gente se conhece mais.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.